sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Pedro Corrêa decide ficar na Penitenciária da Papuda em Brasilia

Nova Casa de Correa 



Menos de uma semana depois de ter pedido transferência para a Penitenciária Agroindustrial São João, em Itamaracá, o ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP) desistiu da mudança e decidiu continuar cumprindo pena no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. De acordo com o filho do ex-parlamentar, o advogado Fábio Corrêa, a desistência se deu porque havia a possibilidade de o pedido ser negado e em razão da estrutura da unidade prisional na qual o pai se encontra atualmente ser superior.

Pedro Corrêa está na Penitenciária da Papuda há uma semana, depois que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, decretou a prisão dele e de mais três condenados no processo do mensalão – o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), o ex-deputado Bispo Rodrigues (PR-RJ), e o ex-dirigente do Banco Rural, Vinícius Samarane.

De acordo com o filho do ex-parlamentar, Pedro Corrêa está bem e, apesar de considerar a prisão injusta, pois “ele era apenas presidente do partido”, decidiu cumprir a determinação judicial. Corrêa foi condenado a sete anos e dois meses de reclusão, em regime semiaberto, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Apesar de continuar cumprindo a pena em Brasília, o filho do ex-deputado não descarta a possibilidade de o pai voltar para Pernambuco em breve. “Depois que ele progredir a pena para [o regime] aberto, ele pede para transferir”, disse.


Blog do Magno Martins 

Nenhum comentário:

Postar um comentário