domingo, 23 de novembro de 2014

“Quero ver a altives de Hilário quando ele for intimado a depor na Polícia Federal, para dar conta do dinheiro da creche de São Domingos e das cartilhas que nunca apareceram”, disse Roberto Asfora


No Programa Carga Pesada na Rádio Polo FM, Roberto Asfora (prefeito eleito na 
Eleição Suplementar em 2013), questionou as gestões do então prefeito Dr. Edson 
(2012) e do então prefeito interino Hilário Paulo (2013). O motivo foram as compras 
de cartilhas de combate a dengue e ao crack feitas por cada um deles, totalizando
quase um milhão de reais.

“Eu sempre digo que a compra dessas cartilhas foram grandes aberrações já 
encontradas nas administrações do cassado (Dr. Edson) e do interino (Hilário). 
Apenas um deles comprou R$ 384 mil reais dessas cartilhas e depois o Hilário fez 
outra compra com esse valor absurdo, foram quase um milhão de reais gastos 
com essas cartilhas que nunca apareceram. E o mais curioso é que essas 
compras foram realizadas próximo das eleições de 2012 e 2013”, disse Asfora.

Recentemente o vereador Hilário em uma entrevista afirmou que não teve tempo 
para fazer a entrega das cartilhas e que as mesmas tinham sido escondidas 
pela gestão Roberto Asfora para sujar a sua imagem.

Asfora rebateu a acusação e disse que após Dr. Edson e Hilário terem assumido 
a prefeitura recentemente através de uma liminar, devem ter comprado “meia dúzia” 
de cartilhas para tentar justificar na Polícia Federal, já que foram denunciados. 
  
“É muita cara de pau agora dizer que eu não vi ou escondi essas cartilhas. É mais
 uma mentira, quero ver o cassado e o Hilário com essa altives quando forem 
intimados pela Polícia Federal para dar conta desse dinheiro das cartilhas e também 
da creche de São Domingos que sumiu, evaporou. Agora como estão sucateando a
 prefeitura, devem ter comprado meia dúzia de cartilhas para tentar enganar a justiça,
 já que fiz as denuncias na Polícia Federal”, finalizou Roberto Asfora.



Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário