segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Após polêmicas com compras de supérfluos, governo do Estado anuncia corte de despesas


Após reunião com o secretariado, realizada nesta segunda-feira (24), o governador Paulo Câmara anunciou que novas medidas serão adotadas pelo Executivo para segurar as contas de 2015 e atravessar crise econômica e política que o país vive. As medidas foram tomadas após várias polêmicas com compras supérfluas, como uísque, gelo e frutos do mar para o gabinete do governador enquanto hospitais estão superlotados e policiais lutam por melhorias nas delegacias e ajustes salariais.
 
De acordo com o Executivo, a receita estadual, de janeiro a junho deste ano, sofreu uma redução de R$ 1 bilhão. Já os repasses do Governo Federal para o Estado caíram 47%. Para superar o momento, haverá reavaliação das despesas, para os próximos meses, de cada uma das secretarias. A meta é reduzir os gastos em cerca de R$ 1 bilhão até o final deste ano.



(Foto: Roberto Pereira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário