quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Obra na PE-160 é embargada pelo MTE após operário ficar soterrado

Caso ocorreu nesta quinta (25) em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste.

DER informou que ainda não foi notificado sobre a decisão do MTE.



A  obra na qual um operário ficou soterrado foi embargada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de Caruaru, Agreste de Pernambuco, na tarde desta quinta-feira (27). O caso ocorreu na PE-160, em Santa Cruz do Capibaribe, na mesma região.
G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e foi informado que o órgão ainda não foi notificado sobre a decisão do MTE.

Segundo o MTE, foram constatadas irregularidades na obra. "A área de escavação encontrava-se sem escoramento nas laterais, o que ocasionou o desabamento de terra, além do que não foi apresentado nenhum plano de execução", informou ao G1 o auditor do MTE, Francisco Reginaldo. Ele também explicou que a empresa só poderá voltar a funcionar após as correções da área. "Pelas irregularidades, a empresa pode sofrer multas que podem chegar a R$ 20 mil", disse.
Já a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) para uma unidade de saúde local, realizou exames e foi liberado, conforme informou a assessoria do DER.
Entenda o caso
Um trabalhador ficou soterrado após um deslizamento de barreira na obra de alargamento de uma ponte da PE-160. O acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (27), no km 7, durante os serviços de duplicação da rodovia. "Um corte numa barreira ocasionou um deslizamento", detalhou em nota a assessoria do DER.
Do G1 Caruaru 

Nenhum comentário:

Postar um comentário