Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Trabalhando

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Oposição denuncia uso de veículo oficial para transporte de material de campanha


Vereador e advogado da coligação foram a delegacia prestar queixa – Fotos: Fernando Lagosta e Thonny Hill
Na noite de terça-feira (20) o candidato a vereador pelo grupo de Oposição em Santa Cruz, Ernesto Maia (PT), fez uma denúncia de um suposto crime eleitoral, onde material de campanha estaria sendo transportado em veículo oficial, de uso da Secretaria de Saúde.
De acordo com a denúncia, o grupo político foi avisado de que em uma gráfica, estaria um veículo da Secretaria de Saúde e que esse carro estaria recolhendo material de campanha alusivo ao candidato a vereador Ronaldo da Ambulância e ao candidato a prefeito Edson Vieira (PSDB).
Ao chegar a Santa Cruz, o veículo foi seguido até a Avenida Cezário Aragão, onde foi alvo de fiscalização pelo vereador, onde o material de campanha teria sido localizado.
Vídeos foram gravados do material e a queixa de crime eleitoral foi feita na delegacia. Ainda de acordo com as informações, o veículo também estava sendo usado por um servidor público e, segundo o vereador, houve o uso de máquina pública em campanha eleitoral, o que caracterizaria o crime.
O advogado do grupo, Dr. Neydson Ferreira, falou sobre o episódio, citando que pedirá a cassação do registro de candidatura do prefeito.

“Ficamos esperando, na entrada da cidade, se esse carro, realmente, estava vindo da cidade de Caruaru e, após uma hora e meia de espera, esse carro passou e começamos a segui-lo, filmando até a Avenida Cezário Aragão. Quando o veículo parou, o vereador se identificou, pediu para que ele abrisse a mala do carro, pois havia essa denúncia, e constatamos que na mala havia material de campanha dos candidatos Edson Vieira e Ronaldo da Ambulância. Prestamos o B.O com provas, testemunhas e encaminharemos ao Ministério Público Eleitoral e a Polícia Federal para que se instaurem os procedimentos cabíveis” – disse.

O candidato Ronaldo, que compareceu a nossa redação nesta quarta-feira, trouxe um apoiador, identificado como Jorge Fontes do Nascimento (de camisa rosa na foto abaixo), que se apresentou como responsável sobre o material de campanha. Ele falou sobre o episódio.

 “Sou doador desse material, fiz ele em meu CPF e o doei para Ronaldo da Ambulância. Sou amigo do Rossi, que é o motorista e pensei que ele estava no carro pessoal dele vindo do Recife para cá. Pedi para que ele passasse na gráfica e pegasse esse material para mim. Ele não sabia que material era e jamais sabia que ele estava em um carro da prefeitura. O Rossi, muito humilde, muito bacana, trouxe esse material para mim e se eu soubesse que ele estava em um carro da prefeitura, jamais teria pedido” – disse.

Ainda segundo o apoiador, os candidatos estariam isentos da polêmica.

Nota da Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe

Vimos por meio desta nota esclarecer os seguintes fatos:

A Secretaria de Saúde, assim como toda a Administração Municipal, vem agindo com rigor para o cumprimento do dispostos na Legislação Eleitoral e não autoriza sob nenhum aspecto ou condição que qualquer servidor público aja em contrariedade com condutas vedadas por lei;

Há rumores de que houve infração às normas eleitorais, estamos convocando o motorista envolvido no suposto acontecimento, para esclarecimentos sobre o ocorrido. Caso comprovada a atitude, o mesmo será afastado imediatamente e será aberto um PAD (Processo Administrativo Disciplinar) para apuração dos fatos e punição dos responsáveis;

Não há, não houve e não haverá nenhum uso de qualquer instrumento, dependências, servidor, ou veículo em favorecimento de qualquer candidatura, seja majoritária ou proporcional. Reiteramos que sendo confirmado o fato supostamente noticiado, o caso será apurado e punido rigorosamente;

A Secretaria de Saúde coloca-se à disposição de todos e em especial da Justiça Eleitoral para cooperar com a elucidação dos fatos;

.

Atenciosamente, Hélder Breno Feitoza, Secretário de Saúde.

Blog do Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário