sexta-feira, 3 de março de 2017

Após proprietária de terreno mostra toda documentação comprovando que é dona da terra, famílias desocupam areia invadida.


 Durante entrevista ao Blog, o Tenente Olivaldo da Policial Militar que esteve com o seu efetivo acompanhando todas as movimentações no local, as pessoas que estavam aqui alegaram que este terreno não tinha documentação e a proprietária procurou o apoio policial alegando que o seu terreno estava sendo invadido, cheguemos aqui comprovemos a veracidade dos fatos, os advogados de ambas as partes leram o documento para todos e documento prova que o terreno é de dona Priscila, em seguida o representante da invasão se convenceu que existe toda documentação do terreno e estão deixando a localidade sem nenhuma bronca e de forma civilizada, relatou o Tenente Olivaldo.


 Desde do ultimo domingo (26) cerca de 60 famílias ocupavam uma propriedade que fica localizada as margens do rio Capibaribe no distrito de São Domingos, um grande impasse começou entre a dona do terreno e as pessoas que invadiram o terreno, as pessoas que estavam no local alegavam que aquele terreno não tinha documentação e estava abandonado já muitos anos e servia apenas para desmanche de motos e pessoas fazer uso de drogas.

Após 5 dias no local as famílias vinha resistindo a não sair da localidade, e ao mesmo tempo relatavam o seguinte se ela (dona do terreno) mostra o documento todos nós saímos daqui, disse a representante da famílias.

Na manha desta sexta-feira (03) a proprietária chegou acompanhada do seu advogado e com toda documentação do terreno em mãos, onde mostrou para todos que é dona da localidade, de imediato um acordo verbal foi firmado entre a proprietária do local, onde se comprometeu em organizar toda a localidade, melhorar a estrutura de casas que ficam próximo ao terreno, em seguida todas as famílias que estavam ocupando o terreno deixaram a localidade sem haver nenhuma resistência por parte de ninguém.




Do Blog São Domingos Pode Mais
Fotos:Erivaldo Alves 

Nenhum comentário:

Postar um comentário