quarta-feira, 8 de março de 2017

“Dia Internacional da Mulher”

Pastor Robson Viana 
O dia 8 de março é o “Dia Internacional da Mulher”, lembrando evento que teve lugar em 1857, quando representantes do sexo feminino – CORAJOSAS - protestaram por não estarem recebendo, no trabalho, o retorno que lhes era devido. De forma COVARDE, morreram queimadas, pois foram mantidas trancadas na fábrica, em pleno incêndio.
Seguramente, passados anos e anos, as condições são outras, e não poucas mulheres lideram empreendimento, conduzem indústrias e ensinam aos homens como vencer na vida.
Um dia de comemoração é, contudo, muito pouco. Reconhecer que as mulheres ocuparam espaço no trabalho, nas artes, na política, na ciência é, ainda, muito pouco.
A mulher tem capacidade igual ou superior a do homem, pode e realiza coisas que eles não estão dispostos a enfrentar, e além disso são mães, conduzem lares e lhes dão consistência.
Reconhecer isto é bom, mas POUCO. A mulher tem uma expressão que não depende do que faz, dos lugares que ocupa, das metas que conquista, ela é em si mesma.
Deus ao criar a mulher não estava colocando sobre sua responsabilidades tarefas, não exigiu comportamento singular, mas estabeleceu simplesmente:
Disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só. Far-lhe-ei uma adjutora que lhe corresponda. (Gênesis 2:18).
Isto não significa que ela seria mera companheira - solícita - aguardando a orientação do homem, nem teria função meramente de criar vida, pois Adão já era formado. Na verdade, ela significava a razão do próprio homem, que, sem ela, estaria fragilizado, incompleto, sem razão de ser.
Uma mulher somente deixa de exercer este papel quando não se conscientiza dele, e os homens não desfrutam da real vantagem de ter uma companheira quando pensam só neles próprios e esquecem o que elas representam.
Não é sem razão que o sábio Salomão nos diz:
Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis. (Provérbios 31:10).
A pergunta não surge em função da falta de mulheres virtuosas, mas sim da ausência de conscientização dessa virtude, valiosa como as melhores pedras preciosas, seja pelo homem, seja pela própria mulher.
A Bíblia é um livro escrito em uma civilização, em um tempo onde predominava o patriarcado, mas nela são encontradas figuras femininas marcantes, sem as quais a história do povo de Israel - e do mundo - não seria a mesma.
Podemos citar: ESTER, RUTE, SARA, DÉBORA, RAQUEL, MARIA, entre tantas.
E como a mulher consegue? Viaja, estuda, leva as crianças para o inglês, trabalha, tem reunião às 15h. Dirige, escolhe o cardápio, vai ao banco, olha os e-mails, mais 40 minutos de esteira, vai ao shopping, tem tempo para unhas e cabelo. Faz supermercado, lê um livro, liga para a mãe, faz suas orações. Companheira, irmã, amiga, colega, esposa, namorada. Singular e única.

Mulher, neste seu dia tenha consciência de sua importância e valor. Homens, não se limitem a comemorar um dia no ano para a mulher.
Parabéns Mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário