domingo, 12 de março de 2017

Sem crise: Salários dos secretários municipais poderão aumentar até 33% em Santa Cruz do Capibaribe


A crise financeira que afeta os municípios brasileiros poderá não atingir os secretários municipais em Santa Cruz do Capibaribe. Um projeto de autoria da mesa de diretora da Câmara de Vereadores, pautado sob orientação política do Prefeito Edson Vieira (PSDB), pretende aumentar de R$ 6 mil para R$ 8 mil o limite salarial dos secretários, controlador e procurador geral.

Os salários dos secretários executivos podem ser aumentados em até 20%. O teto que atualmente é de R$ R$ 2,5 mil e poderá passar para R$ 3 mil, nesses casos o governo pode incluir até 100% de gratificação, elevando o rendimento para R$ 6 mil a partir do novo reajuste. ­­­­­­­

A PL 050/2017 chegou a ser apresentada para votação na última terça-feira (07), mas sofreu pedido de vistas feito pelo vereador Marlos da Cohab (PTN). O projeto deve voltar à pauta na próxima terça-feira (14) e precisa da aprovação de pelo menos nove dos 17 vereadores. A bancada do governo tem votos suficientes para garantir a aprovação do projeto.

Redução de gastos administrativos é questionável


No início do ano o prefeito Edson Vieira anunciou cortes de secretarias na intenção de reduzir as
despensas do município. Com a mudança, três secretários passariam a ocupar cargos executivos. No entanto, com a reestruturação dos tetos salarias, os mesmos servidores, que antes eram secretários e tiveram os status reduzidos para secretários executivos, podem na prática obter o mesmo
 rendimento de antes, de R$ 6 mil, somando o salário com as gratificações.

Além dos salários de primeiro escalão, outros cargos comissionados também terão valores
 reajustados com índices que podem chegar até 100%, conforme dados do projeto de lei de
autoria do Poder Executivo 005/2017, esse já aprovado pela Câmara em segunda votação.

Prefeitura não se pronuncia


No início da última semana o Blog do Ney Lima entrou em contato com a Prefeitura de
Santa Cruz do Capibaribe no sentido de obter informações sobre o aumento no teto dos
 salários de secretários.
Os questionamentos buscavam obter dados sobre os gastos e saber de que forma o
Governo justificaria uma provável aplicação do novo teto. Os e-mails enviados pelo
Blog não foram respondidos.

Blog do Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário