quarta-feira, 31 de maio de 2017

GCM apreende cinco motos com restrição de roubo/furto em Santa Cruz


 Na tarde desta quarta-feira (31) guardas municipais do grupamento Romut conseguiram apreender cinco motos com restrição de roubo/furto.
De acordo com as informações, uma delas foi localizada no loteamento Neco Aragão e outra no bairro Centro. Já outras duas foram localizadas por trás do Cemitério São Judas Tadeu (bairro São Cristóvão) e apenas uma não teve seu local de localização informado.
Uma delas foi encontrada parcialmente desmanchada. As motos foram levadas a delegacia do município.



Blog do Ney Lima




Bartô Neves comenta denúncia contra prefeitura do Brejo: “Para mim não é surpresa nenhuma esse desmando, essa falta de cautela com o dinheiro público”


A cidade de Brejo da Madre de Deus foi surpreendida na tarde desta terça-feira com a notícia de que o Ministério Público de Contas do Estado de Pernambuco ordenou que a prefeitura daquele município suspendesse todos os atos, inclusive pagamentos, referentes ao contrato firmado com a Fundação Apolônio Sales - FADURPE, para prestação de serviços de consultoria e aplicação do Curso de Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino.

De onde partiu? - A determinação partiu da conselheira Teresa Duere por meio de uma Medida Cautelar expedida monocraticamente por ela e referendada nesta terça-feira pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas.  A FADURPE, entidade privada de apoio à Universidade Federal Rural de Pernambuco, foi contratada em janeiro deste ano pela prefeitura, no valor total de R$ 977.680,00, com dispensa de licitação, o que gerou o pedido de expedição de Cautelar, por parte do Ministério Público de Contas (MPCO), para uma melhor análise do processo no TCE.

A acusação e a defesa - De acordo com a representação do procurador geral do MPCO, Cristiano Pimentel, a dispensa de licitação neste caso, é irregular e não atende aos requisitos da Lei de Licitações.  Em sua defesa, o prefeito alegou emergência na necessidade dos serviços, o que teria levado a contratar a empresa sem licitação, situação que não restou configurada para o TCE.

Gravíssima - O radialista e suplente de vereador Bartô Neves, que tem forte participação na cena política de Brejo da Madre de Deus comentou a decisão em desfavor da Prefeitura do Brejo da Madre de Deus. “Vejo essa denúncia como gravíssima, pois não se pode aceitar que um valor de 1 milhão de reais seja pago a qualquer empresa para a prestação de serviço com a dispensa de licitação. Não estamos falando  de uma situação de emergência, de uma prestação de serviços para a compra de medicamentos em caráter de urgência, para a contratação de médicos, ou para a contratação de professores para ações emergenciais, muito pelo contrário, eles poderiam e deveriam sim ter conduzido o processo de licitação de forma limpa e transparente”.

Desmando total - Bartô disse ainda que não se surpreendeu com a revelação da denúncia. “Para mim não é surpresa nenhuma esse demando, essa falta de cautela com o dinheiro público, pois quando Hilário passou quatro meses como prefeito interino em 2013 conseguiu se meter em broncas, conseguiu ser o pivô do ‘Escândalo das Cartilhas’, que em breve será tornado público para que todas saibam e tudo”, disse ele, que emendou, “lamento que o Brejo esteja passando por essa situação, temos em mãos várias denúncias que só reforçam nossas denúncias de inoperância desse governo, que na verdade é a continuidade do governo do ex-prefeito Dr. Edson, que ficou marcado como um gestor que gastava o dinheiro público de todo jeito, de todas as formas”.

Reconhecimento - O suplente de vereador reconheceu ainda o esforço do vereador Robertinho Asfora, na apresentação de denúncias que ocasionaram as investigações. “Quero parabenizar o vereador Robertinho Asfora, pois partiu dele essa denúncia, que no fim das contas evitou um desperdício absurdo de dinheiro público. Quando o pai dele, o ex-prefeito Roberto Asfora ocupava o cargo de prefeito do município fez uma capacitação semelhante a essa, pela quantia de menos de 100 mil reais”.

Mais uma - Outra irregularidade diz respeito aos serviços prestados pela empresa contratada. A lei nº 8.666/93 pressupõe que o objeto do contrato esteja relacionado com as atividades de pesquisa, ensino e desenvolvimento institucional. No entanto, uma análise preliminar realizada pela equipe técnica do Tribunal constatou que a proposta da FADURPE para prestação dos serviços solicitados incluía também fornecimento de almoço e lanche (R$ 270.000,00), entrega de bolsas e camisas (R$ 54.000,00), locação de veículos e abastecimento de combustível (R$ 40.600,00), locação de equipamentos para o curso (R$ 33.600,00), despesas com reprografia (R$ 15.000,00), diárias (R$ 125.200,00) e gastos administrativos (R$ 88.884,00), despesas essas que destoam das hipóteses legais de dispensa de licitação.


Blog do Cesar Melo

CCJ do Senado aprova PEC das eleições diretas

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (31) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece eleições diretas se a Presidência da República ficar vaga nos três primeiros anos do mandato. A eleição direta ocorreria caso os cargos de presidente e vice-presidente fiquem vagos.
A CCJ é responsável por analisar se os projetos apresentados no Senado ferem algum princípio da Constituição.
Com a aprovação da PEC pelos senadores do colegiado, o texto será enviado ao plenário do Senado. A inclusão da proposta na pauta depende de decisão do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Se os senadores aprovarem o texto em plenário, a PEC seguirá para a Câmara.
Atualmente, a legislação prevê que, na hipótese de presidente e vice deixarem o comando do país nos últimos dois anos do mandato, deve ser realizada eleição indireta, em até 30 dias, pelo Congresso Nacional.
A PEC, apresentada pelo senador Reguffe (sem partido-DF) em 2016, altera o artigo que trata da vacância da Presidência.
O texto aprovado nesta terça pela CCJ prevê que, na ausência definitiva do presidente e do vice, o Congresso elege indiretamente o chefe do Executivo federal se a vacância ocorrer no último dos quatro anos de mandato.
Caso a PEC seja aprovada neste ano, uma eventual saída do presidente Michel Temer ainda em 2017 levaria a uma eleição direta, já que o mandato do peemedebista se encerra em 31 de dezembro de 2018. Desde o impeachment de Dilma Rousseff, o Brasil não tem um vice-presidente.

Prefeito interino de Belo Jardim assina decreto para vetar conduta de servidores durante período eleitoral


O Prefeito de Belo Jardim Gilvandro Estrela atento às recomendações do Tribunal de Contas e do Ministério Público assinou um decreto, no qual estabelece a conduta que todos os gestores e servidores municipais devem assumir diante do período eleitoral, ao qual o município está submetido. A iniciativa veta qualquer conduta que interfira diretamente na igualdade de oportunidade entre os prefeituráveis.
Entre as proibições que o decreto estipula estão a de “ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta do Município”. Outra recomendação é “usar materiais ou serviços, custeados pelo Município, que excedam as prerrogativas consignadas nas normas dos órgãos que o integram ou prestar serviços para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver previamente licenciado”.
Além disso, o decreto municipal impede “o uso promocional em favor de qualquer dos candidatos, partidos políticos ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo Poder Público municipal”.
Algumas ações como “publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas do Município deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”.
Em resumo, o decreto que entra em vigor a partir desta semana, submete às realizações administrativas à observância dos preceitos da Legislação Eleitoral, a fim de que não haja prejuízos ao processo administrativo público municipal nem tampouco à população belo-jardinense em geral.
Auditorias foram solicitadas por gestor
Duas auditorias estão em curso na Prefeitura Municipal de Belo Jardim. A primeira é uma iniciativa do Tribunal de Contas de Pernambuco que faz o monitoramento da gestão por meio do Departamento de Controle Municipal do TCE, junto à Inspetoria Regional de Bezerros. A segunda é uma auditória interna solicitada pelo próprio governo interino, a fim de dar mais transparência à governabilidade.

Blog do Mario Flavio

DETRAN-PE apresenta balanço com 93% de crescimento nas ações do Maio Amarelo




“Precisamos pensar no trânsito a longo prazo, pensar nas futuras gerações e nos condutores do amanhã. Pra isso, precisamos educar hoje para colhermos resultados positivos e o Maio Amarelo faz parte desse processo educacional das crianças, jovens e adultos”. Com essas palavras o diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco, Charles Ribeiro, abriu o evento de balanço do Maio Amarelo 2017.

Na ocasião, Ribeiro informou ainda que em 2015 o Movimento tinha 51 parceiros, e conseguiu realizar 55 eventos em Pernambuco, atingindo 2.200 alunos. Já em 2016, ele ressaltou que o número foi para 57 parceiros, 77 eventos e 6.670 alunos, chegando agora em 2017 em 78 parceiros envolvidos, 102 eventos promovidos e 21.628 alunos alcançados. “Nosso crescimento foi de 93% em relação ao ano passado”, comemorou.

A coordenadora de Educação de Trânsito do Órgão, Luciana Carvalho, apresentou também um balanço com todos os envolvidos em 2017 e várias das atividades realizadas, destacando na ocasião que ano a anos novas empresas e instituições procuram o DETRAN-PE por entender ser de suma importância a educação no trânsito.

Alguns dos parceiros envolvidos e presentes no evento receberam certificados de reconhecimento ao trabalho realizado em 2017. O representante do Movimento Maio Amarelo, Carlos Vale, aproveitou ainda a ocasião para entregar ao diretor presidente do DETRAN-PE, o certificado Cidadão Laço Amarelo, do Observatório Nacional de Segurança Viária, em virtude das ações promovidas no Estado.

O encerramento aconteceu com uma apresentação teatral infantil realizada por alunos da Escola Municipal José Procópio Cavalcanti, de João Alfredo. Eles criaram a Turma do Fom-Fom mirim, com todos os personagens como a adulta e deixaram várias mensagens de alerta sobre segurança no trânsito.

Fizeram parte da mesa o coordenador da Operação Lei Seca – OLS, Tenente Coronel Fábio Bajete e o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Walquer Barbosa.

Secretaria de Turismo realiza nova visita técnica ao município de Ribeirão

As fortes chuvas que atingiram a RMR do Recife não impediram que o Secretário de Turismo, Felipe Carreras, reforçasse o apoio às vítimas, nesta quarta-feira (31)

 Recife, 31 de maio de 2017 – Em mais um dia de avaliação sobre situação dos mais de 4 mil desabrigados e desalojados no município de Ribeirão, o secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, voltou, hoje, à cidade para dar continuidade às ações efetivas de assistência iniciadas na última terça-feira (30). A comitiva da Secretaria de Turismo visitou dois dos cinco abrigos que estão recebendo as doações de todo o Estado, a Escola Municipal Sônia Lustosa, que abriga 40 famílias, e a Escola Municipal Lions, com 28 famílias. Os desabrigados também começaram a receber, hoje, assistência médica, providenciada pelo comitê formado por membros da secretaria na CPRH de Ribeirão. 
                     
A Estação de Tratamento Açude Ingaí é um dos obstáculos da alimentação de água no município. Por isso, a Secretaria de Turismo está tratando a questão do reabastecimento como prioridade. Ontem, foram enviados dois caminhões pipas para o local. Para acelerar a reestruturação do município máquinas e bombeiros trabalham para retirar a lama que deslizou das barreiras e atingiu casas. Os bairros onde a situação é mais grave são Águas Claras, Progresso e Engenho Caxias, na Zona Rural, e Caxangá, Ferroviária e Beira Rio, no Centro.

“Nossa prioridade no momento é abrigar e alimentar as famílias. Por isso, fiz questão de visitar os abrigos para levar o apoio, em nome do governador Paulo Câmara, e tranqüilizar todos com informações sobre o trabalho efetivo e emergencial do Governo do Estado, que conseguiu entregar, hoje, 40 cestas básicas e 18 colchões. O socorro está sendo providenciado para reestruturar as casas, pontes e vias do município o mais breve possível”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras.

Mais de mil casas foram desocupadas. Alguns moradores estão esperando a lama das casas baixar nos abrigos montados na Escola Municipal Sônia Lustosa, Escola Municipal Lions, Escola Municipal Manassés Correia Brasil, Escola Municipal Tancredo Neves e Escola Municipal Clóvis Lapa.

Todos, sem exceção, necessitam de roupas, materiais de higiene, água e comida. A equipe da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado também é parceira da Prefeitura de Ribeirão na Central de distribuição de alimentos e kits de higiene.

Entre os itens apurados com a população pela equipe da Secretaria de Turismo e pela Prefeitura de Ribeirão, os emergenciais são máquinas para retirar entulhos e requalificar ruas da Zona Rural; 850 packs de água mineral; 850 cestas básicas; 850 colchões; 850 lençóis e travesseiros; 850 kits de higiene pessoal; 20 lonas plásticas; 850 kits de higiene para as residências; 53 banheiros químicos por 30 dias; 20 banheiros para banho por 30 dias; vacinação e atendimento médico para os abrigos.

PRIMAVERA - Em apoio às vítimas do município de Primavera, vizinho a Ribeirão, o secretário, Felipe Carreras, também realizou uma vistoria, hoje, no local. A situação em Primavera já começa a dar sinais de estabilidade. A prefeitura do município já desmobilizou os abrigos e está limpando as casas para que, gradativamente, às famílias retornem aos lares. O município chegou a ter 600 desabrigados e cinco abrigos provisórios instalados.

PERNAMBUCO UNIDO - O Governo de Pernambuco está empenhado e unindo forças para atender às vítimas das enchentes que atingiram a Mata Sul do Estado nos últimos dias. O governador Paulo Câmara montou um esquema de ajuda focado na mobilização de todas as pastas do governo em prol do socorro aos desalojados. Ao todo, 15 municípios declararam estado de calamidade e 45 mil desabrigados precisam de auxílio.
Os interessados em colaborar com doações devem utilizar os seguintes pontos de arrecadação: Quartel da Polícia Militar do Derby, CPRH, Galpão do CEASA, UPE, Comando Geral Corpo de Bombeiros, SECID, Detran, EPTI e CTM.

As fortes chuvas que atingiram a RMR do Recife não impediram que o Secretário de Turismo, Felipe Carreras, reforçasse o apoio às vítimas de Ribeirão, nesta quarta-feira (31). A comitiva da Secretaria de Turismo voltou ao município para visitar dois dos cinco abrigos que estão recebendo as doações de todo o Estado, a Escola Municipal Sônia Lustosa, que abriga 40 famílias, e a Escola Municipal Lions, com 28 famílias. Muito já foi feito, mas as doações não podem parar. Todos, sem exceção, necessitam de roupas, materiais de higiene, água e comida.

Os mais de 4 mil desabrigados e desalojados de Ribeirão começaram a receber, hoje, assistência médica, providenciada pelo comitê formado por membros da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco na CPRH de Ribeirão. A Estação de Tratamento Açude Ingaí é um dos obstáculos da alimentação de água no município. Por isso, a Secretaria de Turismo está tratando também a questão do reabastecimento como prioridade. Ontem, foram enviados dois caminhões pipas para o local. O socorro do Governo do Estado está sendo providenciado para reestruturar as casas, pontes e vias do município o mais breve possível.



Alagamentos trazem risco de doenças

Com a chegada das chuvas, é importante ficar atento em relação às doenças típicas do período

Pernambuco já começa a sofrer com os problemas causados pela chuva e pelos alagamentos, que trazem, além dos problemas socioeconômicos, doenças infectocontagiosas típicas da temporada como, por exemplo, leptospirose, diarreia e hepatite A. A médica Andrezza de Vasconcelos, infectologista do Hospital Jayme da Fonte, alerta que muitos dos registros dessas doenças acontecem com o início das chuvas. Por isso, é importante ficar atento às formas de transmissão e tratamento.

Leptospirose - é causada por uma bactéria presente na urina dos ratos. As chuvas trazem à superfície toda a água contaminada nos esgotos, córregos e galerias pluviais o que propicia a disseminação da bactéria causadora da doença nas águas das enchentes. “Em caso de inundações, deve ser evitada a exposição desnecessária à água ou à lama. Pessoas que se expuserem ao contato com água e terrenos alagados devem utilizar roupas e calçados impermeáveis”, alerta a médica. No caso de exposição, deve-se estar ciente se há presença de pequenos ferimentos na pele, pois estes facilitam a penetração da bactéria, que pode ocorrer também através da pele íntegra, quando a exposição é prolongada. 

A maioria das pessoas infectadas desenvolve manifestações discretas ou não apresenta sintomas. Os sintomas iniciais são febre alta de início súbito, sensação de mal estar, dor de cabeça constante e acentuada, dor muscular intensa, cansaço e calafrios. Dor abdominal, náuseas, vômitos e diarréia podem levar à desidratação. É comum que os pacientes mais graves apresentem icterícia. Trata-se de uma doença com baixa letalidade, porém quando relacionada às complicações dos casos graves como hemorragia pulmonar, insuficiência renal aguda, tem letalidade de até 50%.

Diarreias infecciosas – podem acontecer por ingestão de água de enchentes ou contato dessas águas com pele e mucosas. O quadro clínico é composto por aumento do número de evacuações, dor abdominal, febre, náuseas, vômitos. Pode complicar com desidratação. Em relação ao tratamento, deve-se reforçar a hidratação, tratar a dor, febre e os vômitos. Só o médico pode avaliar quanto à necessidade de antibióticos.

Hepatite A – como se trata de uma doença de transmissão fecal-oral, a água das enchentes pode estar contaminada pelo vírus da hepatite A e transmitir essa patologia. O quadro clínico varia bastante podendo chegar à hepatite fulminante, que é potencialmente fatal. Os sintomas característicos são febre baixa, cansaço, falta de apetite, icterícia, dor abdominal, náuseas, vômitos, fezes amareladas ou esbranquiçadas e urina escura. Não tem tratamento específico e nos casos fulminantes está indicado o transplante de fígado.


SERVIÇO:
Hospital Jayme da Fonte
www.jaymedafonte.com.br
Endereço: Rua das Pernambucanas, 167, Graças. 
Fone: 
(81) 3416.0000


LBV é posto de arrecadação em apoio às vítimas das chuvas em Alagoas e em Pernambuco

Mais uma vez, a Instituição mobiliza a sociedade em prol das famílias atingidas pelas chuvas no Nordeste. Colabore!
A Legião da Boa Vontade mobiliza, mais uma vez, por intermédio da campanha LBV — SOS Calamidades, a sociedade em prol das vítimas das fortes chuvas que atingiram os Estados de Alagoas e de Pernambuco nos últimos dias.
 
Em parceria com a Defesa Civil, a LBV abriu postos de arrecadação para angariar doações, as quais serão distribuídas pela própria Defesa Civil, amilhares de pessoas que se encontram desabrigadas ou desalojadas em municípios nos dois Estados.
 
O que posso doar?
— Alimentos não perecíveis e de pronto consumo (prioridade)
— Produtos de higiene pessoal e de limpeza
— Água potável
 
Onde devo entregar?
Os donativos para a campanha LBV — SOS Calamidades podem ser entregues nos seguintes endereços:
 
Maceió/AL: Centro Comunitário de Assistência Social da LBV:
R. Muniz Falcão, 964 — Barro Duro — Tel.: (82) 3328-4410 - - Horário: 8h às 18h
 
Recife/PE: Centro Comunitário de Assistência Social da LBV:
Rua dos Coelhos, 219 — Coelhos — Tel.: (81) 3413-8601 - Horário: 8h às 18h
 
Faça parte desta Corrente da Solidariedade! Acesse www.lbv.org.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Caminhão roubado com carga de loja de Caruaru é encontrado em São Caetano

Um dos suspeitos, de 25 anos, foi preso. Os outros homens conseguiram fugir.

Um caminhão com mercadorias de uma loja de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi encontrado nesta terça-feira (30) em São Caetano, também no Agreste. Segundo a Polícia Militar, o veículo foi rastreado após ser roubado na BR-232, em Gravatá.

Ainda de acordo com a PM, o caminhão foi encontrado em uma fazenda, no momento em que alguns homens passavam o material para dois carros. Um dos suspeitos, de 25 anos, foi preso. Os outros homens conseguiram fugir. O caminhão transportava eletrodomésticos e alimentos industrializados.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia de São Caetano junto com um dos veículos. O caminhão e o outro carro foram disponibilizados para a Polícia Rodoviária Federal.

Do G1 Caruaru 

Denúncia do vereador Jobson Barros tem resultado positivo e Tribunal de Contas Determina que Prefeito Hilário suspenda contrato com FADURPE


A prefeitura de Brejo da Madre de Deus terá que suspender todos os atos, inclusive pagamentos, referentes ao contrato firmado com a Fundação Apolônio Sales - FADURPE, para prestação de serviços de consultoria e aplicação do Curso de Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino.
A determinação partiu da conselheira Teresa Duere por meio de uma Medida Cautelar (Processo nº 1724065-7) expedida monocraticamente por ela e referendada nesta terça-feira (30) pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas.
A FADURPE, entidade privada de apoio à Universidade Federal Rural de Pernambuco, foi contratada em janeiro deste ano pela prefeitura, no valor total de R$ 977.680,00, com dispensa de licitação (Processo Licitatório nº 008/2017 – Dispensa 002/2017), o que gerou o pedido de expedição de Cautelar, por parte do Ministério Público de Contas (MPCO), para uma melhor análise do processo no TCE.
De acordo com a representação do procurador geral do MPCO, Cristiano Pimentel, a dispensa de licitação neste caso, é irregular e não atende aos requisitos da Lei de Licitações (nº 8.666/93). Em sua defesa, o prefeito alegou emergência na necessidade dos serviços, o que teria levado a contratar a empresa sem licitação, situação que não restou configurada para o TCE.
Outra irregularidade diz respeito aos serviços prestados pela empresa contratada. A lei nº 8.666/93 pressupõe que o objeto do contrato esteja relacionado com as atividades de pesquisa, ensino e desenvolvimento institucional. No entanto, uma análise preliminar realizada pela equipe técnica do Tribunal constatou que a proposta da FADURPE para prestação dos serviços solicitados incluía também fornecimento de almoço e lanche (R$ 270.000,00), entrega de bolsas e camisas (R$ 54.000,00), locação de veículos e abastecimento de combustível (R$ 40.600,00), locação de equipamentos para o curso (R$ 33.600,00), despesas com reprografia (R$ 15.000,00), diárias (R$ 125.200,00) e gastos administrativos (R$ 88.884,00), despesas essas que destoam das hipóteses legais de dispensa de licitação.
Diante do exposto, a conselheira Teresa Duere decidiu pela expedição da Medida Cautelar e determinou à Coordenação de Controle Externo do TCE a abertura de um processo de Auditoria Especial para análise detalhada dos fatos, bem como proporcionar aos interessados direito à ampla defesa.
Gerência de Jornalismo (GEJO), 30/05/2017
Relembre denúncia:
Confira abaixo a denúncia que veio a conhecimento da população através do vereador Jobson Barros no blog do Ney Lima.

Em Brejo: Oposição questiona contrato de quase R$ 1 milhão com a dispensa de licitação



Documento publicado no DOE aponta valores próximos a um milhão de reais
O vereador Jobson Barros, que integra a bancada de Oposição em Brejo da Madre de Deus, questionou os valores da contratação da prefeitura local, via dispensa de licitação, da empresa FADURPE – Fundação Apolônio Salles de Desenvolvimento Educacional.
De acordo com documento publicado no Diário Oficial do Estado (DOE-PE), a empresa será responsável, durante 10 meses, em realizar serviços especializados de consultoria para desenvolvimento do Curso de Formação Continuada para Professores da Rede Municipal de ensino.
Ainda de acordo com o documento, o valor previsto no contato é de R$977.680,00, valor este que o político julga como um absurdo.

“O que é absurdo é o valor total do contrato, quase um milhão de reais. Por mais que gaste, é um valor absurdo. Acredito, pode comparar as gestões anteriores, do próprio (ex-prefeito) Dr. Edson, de Roberto Asfora, que aconteceram capacitações como essas, pode ter certeza que jamais foi gasto valor aproximado a isso ou contrato feito com esse valor de aproximação” – disse.

Ainda de acordo com o vereador, que fez o questionamento durante falas na Câmara, a prefeitura não poderia fazer uma licitação somente quando não se existir empresas que prestariam o mesmo serviço no estado, mas que, segundo relatos de professores, o estado teria sim empresas para realizar esse tipo de trabalho, o que caberia licitação.

“Ficou estranho nessa situação porque foi se dispensado essa licitação e porque o valor está tão alto. Por isso, esse pedido de informação e esperamos que o prefeito esclareça como se deve” – pontuou.



Blog do Jobson Barros  

TCE determina que prefeitura de Brejo da Madre de Deus suspenda contrato de quase R$ 1 milhão



A pedido do MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DE PERNAMBUCO, Brejo da Madre de Deus terá que suspender contrato sem licitação com a FADURPE


A Prefeitura de Brejo da Madre de Deus terá que suspender todos os atos, inclusive pagamentos, referentes ao contrato firmado com a Fundação Apolônio Sales - FADURPE, para prestação de serviços de consultoria e aplicação do Curso de Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino.

A determinação partiu da conselheira Teresa Duere por meio de uma Medida Cautelar (Processo 1724065-7) expedida monocraticamente por ela e referendada nesta terça-feira (30) pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas.

A FADURPE, entidade privada de apoio à Universidade Federal Rural de Pernambuco, foi contratada em janeiro deste ano pela prefeitura, no valor total de R$ 977.680,00, com dispensa de licitação (Processo Licitatório 008/2017 – Dispensa 002/2017), o que gerou o pedido de expedição de Cautelar, por parte do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), para uma melhor análise do processo no TCE.

De acordo com a representação do procurador geral do MPCO, Cristiano Pimentel, a dispensa de licitação neste caso, é irregular e não atende aos requisitos da Lei de Licitações ( 8.666/93). Em sua defesa, o prefeito alegou emergência na necessidade dos serviços, o que teria levado a contratar a empresa sem licitação, situação que não restou configurada para o TCE.

Outra irregularidade diz respeito aos serviços prestados pela empresa contratada. A lei 8.666/93 pressupõe que o objeto do contrato esteja relacionado com as atividades de pesquisa, ensino e desenvolvimento institucional. No entanto, uma análise preliminar realizada pela equipe técnica do Tribunal constatou que a proposta da FADURPE para prestação dos serviços solicitados incluía também fornecimento de almoço e lanche (R$ 270.000,00), entrega de bolsas e camisas (R$ 54.000,00), locação de veículos e abastecimento de combustível (R$ 40.600,00), locação de equipamentos para o curso (R$ 33.600,00), despesas com reprografia (R$ 15.000,00), diárias (R$ 125.200,00) e gastos administrativos (R$ 88.884,00), despesas essas que destoam das hipóteses legais de dispensa de licitação.

Diante do exposto, a conselheira Teresa Duere decidiu pela expedição da Medida Cautelar e determinou à Coordenação de Controle Externo do TCE a abertura de um processo de Auditoria Especial para análise detalhada dos fatos, bem como proporcionar aos interessados direito à ampla defesa.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 30/05/2017.

Assembleia de Deus no distrito de São Domingos comemora o 7º Aniversario do Conjunto Luz de Cristo


A Igreja Evangélica Assembleia de Deus no distrito de São Domingos município do Brejo da Madre de Deus agreste Pernambucano, (IEADPE), esteve entre os dias 27 e 28 de maio de 2017  comemorando o 7º Aniversario do Conjunto Luz de Cristo, tudo foi realizado no templo  IV da Assembleia de Deus em São Domingos que tem como pastor local Amaro Berto da Silva e coordenação local do presbítero Risonaldo Júlio.

Abertura do grande evento foi realizado no ultimo sábado (27) que contou com a seguinte programação: ministrando a poderosa palavra de Deus esteve o Diácono Cleber da igreja Assembleia de Deus da cidade de Brejo da Madre de Deus, louvando a Deus estivaram o cantor Telmo, Banda Restitui, Escolhidos.

No domingo pela manhã esteve ministrando a palavra de Deus o diácono Erivan e louvando a Deus o grande Coral de Adolescentes de São Domingos, Conjunto de Adolescentes do Bairro São Jose, e conjuntos locais, cantores Pb: Tony e Suzana, Banda Restitui.

Período da tarde domingo foi realizado um estudo para os jovens, o assunto abordado foi: Namoro, Noivado e Casamento, o estudo foi ministrado pelo o Diácono o Sergio Alves.


  Durante o encerramento na noite do domingo contou com seguinte programação: Conjuntos locais, Banda Som e Benção, cantora Debora da cidade de Toritama, ministrando a poderosa palavra de Deus o Diácono Mano.



O tema abordado foi baseado em  João Cap:4 Ver:23 parte A:

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade;


  Conjunto Aniversariante louvando a Deus 

 Presbítero Risonaldo Julio




 Ezequiel e família

 Claudemir e  Ze Cicero 



 Banda Som e Benção

Diácono Mano

Do Blog São Domingos Pode Mais




Secretaria de Turismo mobilizada em prol da situação do município de Ribeirão, na Mata Sul do Estado S

O governador Paulo Câmara visita o município nesta quarta-feira (31) para avaliar a situação dos 4,2 mil pessoas, entre desabrigados e desalojados
 Recife, 30 de maio de 2017 - O secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, foi designado pelo governador Paulo Câmara para ser o responsável pela situação do município de Ribeirão, um dos mais atingidos pelas fortes chuvas no Estado. Hoje à tarde, Carreras esteve no município com uma comitiva de engenheiros para conferir a situação dos 4,2 mil desabrigados e desalojados. Nesta quarta-feira (31), o secretário volta ao município, acompanhado do governador, para uma nova avaliação sobre a situação dos moradores.

Caminhões, máquinas e bombeiros trabalham para retirar a lama que deslizou das barreiras e atingiu casas de Ribeirão. Os bairros onde a situação é mais grave são Águas Claras, Progresso e Engenho Caxias, na Zona Rural, e Caxangá, Ferroviária e Beira Rio, no Centro. Uma ponte também desabou deixando os moradores de Arapibu ilhados.
“A situação é profundamente desoladora para essas famílias. Resta ao Governo de Pernambuco, junto com a Prefeitura de Ribeirão, trabalhar para restituir a dignidade desses pernambucanos. Para isso vamos tratar a questão do reabastecimento da água como prioridade na cidade já com o envio de dois caminhões pipas para o local. Também instituímos um comitê com membros da Secretaria de Turismo na CPRH de Ribeirão para designar os responsáveis pelas áreas mais atingidas”, explica o secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras.

Mais de mil casas foram desocupadas. Alguns moradores estão esperando a lama das casas baixar no Colégio Maria Cícera e na Escola Sônia Lustosa. Todos, sem exceção, necessitam de roupas, materiais de higiene, água e comida. A equipe da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado também é parceira da Prefeitura de Ribeirão na Central de distribuição de alimentos e kits de higiene. Só hoje foram distribuídos mais de 100 kits de higiene pessoal.

Entre os itens apurados com a população pela equipe da Secretaria de Turismo e pela Prefeitura de Ribeirão, os emergenciais são máquinas para retirar entulhos e requalificar ruas da Zona Rural; 850 packs de água mineral; 850 cestas básicas; 850 colchões; 850 lençóis e travesseiros; 850 kits de higiene pessoal; 20 lonas plásticas; 850 kits de higiene para as residências; 53 banheiros químicos por 30 dias; 20 banheiros para banho por 30 dias; vacinação e atendimento médico para os abrigos.

PERNAMBUCO UNIDO - O Governo de Pernambuco está empenhado e unindo forças para atender às vítimas das enchentes que atingiram a Mata Sul do Estado nos últimos dias. O governador Paulo Câmara montou um esquema de ajuda focado na mobilização de todas as pastas do governo em prol do socorro aos desalojados. Ao todo, 15 municípios declararam estado de calamidade e 45 mil desabrigados precisam de auxílio. “A mobilização da sociedade será imprescindível neste momento”, conclui Carreras.
Os interessados em colaborar com doações devem utilizar os seguintes pontos de arrecadação: Quartel da Polícia Militar do Derby, CPRH, Galpão do CEASA, UPE, Comando Geral Corpo de Bombeiros, SECID, Detran, EPTI e CTM.

SECRETARIA DE TURISMO, ESPORTES E LAZER DE PERNAMBUCO 
ASSESSORIA DE IMPRENSA