Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Trabalhando

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Convênio viabiliza parceria para revisão do PD de Taquaritinga do Norte


A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco, Condepe/Fidem, entregou ao prefeito de Taquaritinga do Norte (no Agreste), Ivanildo Bezerra, na última quarta-feira, 09, a minuta de convênio de Cooperação Técnica a ser firmada com o município visando trabalharem de forma conjunta na revisão do Plano Diretor local.  o encontro ocorreu na sede administrativa municipal. 

O documento foi entregue pela equipe técnica da Agência Condepe/Fidem composta pela diretora de Articulação e de Apoio ao Desenvolvimento Regional, Graça Tavares, e pela gestora da entidade, Cláudia Melo e o arquiteto Estevão Moura. Na ocasião estavam presentes, além do prefeito, o vice prefeito Evilásio Araújo, e representantes da gestão municipal (equipe empenhada no trabalho).

Além da reunião, que ocorreu na sede da prefeitura, os técnicos da Agência Condepe/Fidem com alguns gestores municipais realizaram visita técnica ao distrito de Gravatá de Ibiapina além de diversos pontos do núcleo urbano para conhecer sua realidade local com relação à evolução dos aspectos econômicos e sociais e do ordenamento do Território. Graça Tavares explicou que, a partir daí, inicia-se o processo de construção metodológica para a revisão do Plano Diretor de Taquaritinga no Norte, “a Agência tem como atribuição dar apoio técnico a este trabalho, visando a construção de uma cidade ordenada e sustentável em que seus moradores busquem a qualidade de vida”, registrou a diretora.

O próximo passo será a construção de um Seminário interno para nivelamento  conceitual e de conteúdo sobre o tema em questão com os secretários municipais, onde será formado grupo   que estará à frente deste trabalho. A sociedade civil organizada será envolvida no processo através da realização fóruns e oficinas, nos quais serão elaboradas estratégias e proposições para o Plano. A revisão do Plano será elaborada e posteriormente está prevista a contratação de consultores para sistematizar e dar formatação urbanística.

Os técnicos da prefeitura apontaram a questão da expansão urbana, como um dos itens que devem ser reavaliados na revisão dessa lei urbanística, além da preservação do centro. O último PD do município é datado de 2007, e, de acordo com a Lei- Estatuto da Cidade, este instrumento  deve ser revisado a cada 10 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário