Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Trabalhando

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Vereadores de Gameleira aprovam 13º salário para prefeita, vice e secretários

Atualmente, os vencimentos são de R$ 18 mil, R$ 9 mil e R$ 5,5 mil, respectivamente.

A Câmara Municipal de Gameleira, na Mata Sul, aprovou o projeto de lei que prevê o pagamento de 13º salário para a prefeita, o vice-prefeito, e os secretários, que receberão ainda um adicional de um terço do salário referente às férias. Atualmente, os vencimentos são de R$ 18 mil, R$ 9 mil e R$ 5,5 mil, respectivamente.

A vereadora Loide Rodrigues, que é do PSB, mesmo partido da prefeita Verônica Souza, e primeira-secretária da Casa de Leis, foi a única a votar contra a propositura. De acordo com ela, mesmo sendo da base governista, o município está passando por uma situação difícil e por isso o voto contrário.

"Os funcionários públicos da educação não receberam os salários do mês de dezembro de 2016. Como é que o município passando por isso e vai pagar 13º para a prefeita? Se fosse para os vereadores, eu não votaria, acho um absurdo. Querem fazer da politica um meio de vida", disse.

O secretário de Administração de Gameleira, Ozias Nunes, disse que o projeto foi para substituir uma lei aprovada no fim do ano passado, já concedendo aumento aos gestores municipais. "O dispositivo anterior tinha irregularidades por ter passado pela Câmara em período proibido pela legislação eleitoral e por ter sido uma iniciativa do Legislativo, enquanto a obrigação é do Executivo", disse.

Com esse argumento, o Executivo aprovou o projeto. No entanto, para a vereadora, a crise econômica deveria ter sido considerada. “Onde está a crise que a prefeita tanto prega dentro do nosso município para pagar aos servidores seus direitos?”, indagou a parlamentar.


O secretário disse que o benefício para os chefes do Executivo virá depois do pagamento dos servidores. “A prefeita já pagou 50% do décimo dos funcionários efetivos. A lei ser aprovada não significa que vai ser executada. Vai depender da dotação orçamentária", disse.

Do G1 Caruaru 

Nenhum comentário:

Postar um comentário