Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Trabalhando

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Garis paralisam atividades e realizam manifestações em Santa Cruz


Servidores que fazem o serviço de limpeza nas ruas de Santa Cruz do Capibaribe realizaram manifestação, na manhã desta segunda-feira (11). Eles afirmam que estão com salários atrasados e questionam outros direitos que não estariam sendo respeitados, pela Vialim, empresa terceirizada pela prefeitura, responsável pelo trabalho.
Primeiro, os trabalhadores realizaram manifestação em frente à Secretaria de Serviços Públicos. Além de salários, eles falam em ‘condições dignas de trabalho’ e o direito as férias e o 13° salário.


Eles entregaram um ofício na secretaria e seguiram para prefeitura municipal.

Respostas

Entramos em contato com a empresa Vialim. O posicionamento foi dado por Jorge Câmara, um dos sócios da empresa, na central em Recife.
De acordo com ele, ‘a situação não é fácil’, destacando a crise em que atravessa o país e prejudica também a empresa.
Sem maiores detalhes, ele reconhece pendências pontuais com férias de funcionários, mas afirma que os salários estão em dia.
Questionado sobre uma carga horária exaustiva, de até 14h, colocado em panfleto pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Limpeza de Caruaru e Região (SINDLIMP), nega de forma veemente. Além de garantir que veículos estão em boas condições de uso, veículos modelo 2017/2018, destacando que esse é um dos principais pontos exigidos na licitação, que a empresa teria passado, recentemente.
Jorge assegura que a empresa está sempre aberta ao diálogo e pede para que, antes de qualquer manifestação, sejam procurados para conversa.
Ele ainda acrescentou que já existe uma reunião marcada para amanhã, às 10h com todas as partes envolvidas, para uma tentativa de consenso.
Entramos em contato, também, com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe. Foi relatado que a comissão foi atendida pelo chefe de gabinete, Gilberto Silva. De acordo com a gestão, no entanto, as demandas cobradas pelos funcionários são pertinentes à empresa.

Blog do Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário