quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Brasília: Sebastião Oliveira garante R$ 11 milhões em recursos



Sebastião Oliveira e Valter Cassimiro (Dnit)

Em Brasília, onde cumpriu agenda, na quarta-feira (24), o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, conseguiu destravar R$ 11 milhões, que serão investidos na BR-232, na BR-408 e no Aeroporto de Serra Talhada.

A liberação de R$ 6 milhões foi obtida junto ao diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Valter Cassimiro. De acordo com o secretário de Transportes de Pernambuco, as intervenções serão realizadas em três pontos críticos da BR-232 e outro na BR-408. As ações contemplarão os municípios de Tracunhaém, Serra Talhada, Flores e Custódia. “São obras que vão reforçar a segurança, melhorar a mobilidade e dar mais conforto aos usuários. Cada trecho receberá cerca de R$1,5 milhão em investimentos”, explicou Sebastião Oliveira. O gestor destacou que a cidade de Custódia será contemplada com uma passarela e novos acessos. 

“As demandas serão atendidas meio do Programa de Revisão dos Pontos Críticos nas BRs. O Dnit entende que são intervenções importantes para Pernambuco”, Ressaltou Valter Cassimiro.

Aeroporto

O Aeroporto de Serra Talhada foi a pauta da reunião com o secretário Nacional de Aviação Civil, Dario Rais Lopes. Do encontro, Sebastião Oliveira saiu com duas importantes notícias.  A primeira é que, na próxima segunda-feira (29), será repassado à Secretaria de Transportes de Pernambuco o montante de R$ 5 milhões, que corresponde apenas a uma das parcelas do compromisso firmado entre a Secretaria de Aviação Civil e o Governo do Estado.

A segunda informação se refere à visita, que acontecerá na terça-feira (30), de dois militares do Departamento do Espaço Aéreo (Decea), ao aeroporto. O intuito é a verificação das condições técnicas e o local mais adequado para a instalação da Estação Meteorológica de Superfície Automática (EMS). O equipamento será utilizado para auxiliar as aeronaves da Companhia Aérea Azul e outras que venham a operar em Serra Talhada.

“A cada dia o sonho se aproxima da realidade. Os esforços estão concentrados para conseguirmos as certificações o quanto antes”, comemora Oliveira. “Para estar apto a receber aviões de maior porte, o equipamento precisou ser requalificado. Apenas na pista de pouso de decolagem, o Governo de Pernambuco investiu cerca de 9,5 milhões”, finalizou Sebastião Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário