sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Tribunal justifica transmissão do julgamento de Lula

EPOCA – Marcelo Rocha
Para justificar transmissão do julgamento de Lula, tribunal diz que caso é excepcional
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região vai transmitir, na quarta-feira (24), a sessão de julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra condenação na Lava Jato.
A direção do tribunal afirma que o caso é excepcional por envolver fato de "grande interesse público". Os julgamentos nas duas turmas criminais, segundo o TRF4, "não são transmitidos nem anexados aos processos eletrônicos para preservar a segurança dos magistrados que atuam na área criminal e evitar a exposição dos réus".
Reboliço
O julgamento da apelação de Lula contra a condenação que lhe foi imposta pelo juiz Sergio Moro na Lava Jato, marcado para o próximo dia 24, vai mexer com a rotina do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região e das varas da Justiça Federal em Porto Alegre. No tribunal, a 7ª Turma, encarregada de matéria penal assim como a 8ª Turma, responsável pelo caso de Lula, remarcou uma sessão de julgamento prevista para o dia anterior. O reboliço na primeira instância será ainda maior: 35 audiências, duas sessões de julgamento das turmas recursais dos juizados especiais federais e 286 perícias canceladas. Foram também reagendadas sete audiências por videoconferência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário