quinta-feira, 8 de março de 2018

Vereador Junior de Miguelão acompanha representantes da CPRH (Agencia Estadual de Meio Ambiente) durante visita ao local onde era descartado resto de animais do Matadouro de Santa Cruz do Capibaribe.


Proprietário do local do terreno, Secretario de Santa Cruz Lenildo Araujo, representante da CPRH e o vereador Junior de Miguelão.

Na manhã da ultima quinta-feira (08) o vereador Junior de Miguelão (PCdoB) da cidade do Brejo da Madre de Deus no agreste pernambucano, esteve acompanhando os representantes da Agencia Estadual de Meio Ambiente do Estado de Pernambuco (CPRH), estiveram presente o secretario de Agricultura de Santa Cruz do Capibaribe Lenildo Araújo, Jaelson do Açudinho e Beti.

Os representantes da CPRH foram ate o sitio Arapuá zona rural do Brejo da Madre de Deus, local onde estava sendo descartados os restos de animais que eram abatidos no Matadouro publico da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, ao chegar ao local foi constatado o fato, várias carcaças de animais foi observado no local, após a denuncia do Vereador Junior de Miguelão uma maquina foi passada no local deixando tudo plano, mais ainda se percebe no local vários ossos de animais e um mau cheiro insuportável.

O proprietário do terreno esteve também durante a visita da CPRH, onde na ocasião explicou que não tinha conhecimento que era errado aquela pratica, mas quando soube que era proibido veio um rapaz com a maquina e deixou o local todo plano, e não serão mais colocados ali os restos de animais.

Ao concluir toda inspeção no local, os representantes da CPRH destacaram que um questionário será enviado para a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe onde poderá relatar todas as explicações necessárias a Agencia Estadual de Meio Ambiente (CPRH) uma possível sera aplicado devido ao crime ambiental.

CLIQUE NO VÍDEO 


Proprietário do local do terreno conversando com a CPRH




LOCAL NO MATADOURO ONDE É ARMAZENADO O SANGUE E DEPOIS É RETIRADO POR UM CAMINHÃO.

RELEMBRE O CASO. 


Do Blog São Domingos Pode Mais




Nenhum comentário:

Postar um comentário