segunda-feira, 2 de abril de 2018

Com críticas a PM, secretário detido em protesto é liberado após audiência de custódia


Na manhã desta segunda-feira (02) foi realizada a audiência de custódia envolvendo o vereador licenciado, e atual Secretário de Habitação de Santa Cruz, Joab do Oscarzão.
O secretário foi detido na noite de domingo (01) durante um protesto realizado por populares na PE-160, protesto motivado após o atropelamento e morte de um menino de 12 anos, ocorrida no início da noite.
De acordo com o registro da Polícia Militar, Joab teria se negado a liberar a via durante tentativa de negociação os com os manifestantes e teria usado palavras de baixo calão contra os policiais. Ainda de acordo com o registro, ele também teria incentivado a população a jogar pedras nas viaturas.

Momento em que ele foi levado a delegacia
Em entrevista concedida na Polo FM após ser liberado sob pagamento de fiança, no valor de R$ 2 mil, ele falou sobre as acusações.

“Quero deixar bem claro que eu estava no meu direito. Houve esse protesto, sou morador do bairro e fui dar apoio. Criticamos a situação dessa PE-160 e, se eu estivesse na Câmara, daria minha nota de repúdio a essa polícia truculenta, que trata a população da periferia como bandidos. Além de negar (as acusações), tenho a população do bairro como testemunhas” – disse.

O secretário aproveitou para parabenizar o trabalho realizado pela equipe do Gati durante o protesto, mas fez críticas ao comandante da operação, citando que ele teria cometido excessos no protesto.
Além de Joab, também foi liberado o outro homem que havia sido detido, sob pagamento de fiança no valor de R$ 600,00. De acordo com o advogado de defesa do secretário, Bergue Alves, o processo continua e a defesa irá trabalhar na negativa das acusações.

“Foram diversas acusações imputadas a ambos e isso não se sustenta. Eles estavam protestando na PE-160 contra a morte daquela criança”.

Concluindo a entrevista, o secretário citou que novos protestos contra a má conservação da pista devem ser realizados de agora em diante.

Blog do Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário