terça-feira, 3 de abril de 2018

Delegada revela detalhes do depoimento da sobrevivente do acidente na BR-104

Carro em que estava a vítima que morreu ficou irreconhecível – Fotos: Jabson Nunes
Na noite da última segunda-feira (02) um acidente foi registrado na BR-104, mais precisamente na comunidade das Varzinhas, próximo a um parque de vaquejadas em Taquaritinga do Norte.
De acordo com informações colhidas no local, o acidente foi resultante de uma batida entre um caminhão e um carro de passeio, onde dos quatro ocupantes dos dois veículos, dois acabaram feridos e um deles morreu no local. A vítima fatal foi o homem identificado por Jose Nunes de Andrade Filho (54 anos), que estaria no banco do carona.
Já a mulher que também estava no veículo, Ellen Morganna (22 anos, modelo) foi socorrida juntamente com Lúcia (que estava no caminhão) por equipes do Samu que foram ao local. Ellen foi levada para a UPA 24h em Santa Cruz, sendo transferida para outra unidade hospitalar. O motorista do caminhão não se feriu.
Homem que morreu teria direcionado o carro contra o caminhão, afirma sobrevivente

Em entrevista concedida ao repórter Jabson Nunes, a delegada Dra. Erica informou mais detalhes sobre como o acidente pode ter acontecido.
Para ela, a modelo que estava com a vítima fatal, relatou que eles tinham um relacionamento conturbado e que, em um dado momento, quando ela estava dirigindo o carro de passeio, Jose Nunes teria puxado a direção e colocado o carro em direção ao caminhão, que vinha na via contrária, acontecendo assim o acidente.
Ainda de acordo com a delegada, Ellen relatou que José também estaria armado com uma faca e também possuía uma corda e que a teria ameaçado de morte durante todo o trajeto até o local do acidente.
Outro fato que chama a atenção é que um dos filhos de José Nunes teria tentado agredir a modelo no momento em que esta era socorrida.

“Isso nos foi passado. Inclusive, familiares de Ellen nos procuraram pedindo, justamente, para dar um apoio, pois familiares da vítima fatal tinham intenções de matá-la” – disse.

A arma que teria sido supostamente usada por José Nunes, uma faca, não foi localizada de acordo com a delegada, que pede a população que, caso esta seja localizada, que seja levada até a delegacia para compor o conjunto de provas. Confira mais imagens do local do acidente.


Blog do Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário