sexta-feira, 13 de abril de 2018

Governo de Pernambuco assina ordem de serviço para supervisão da obra da Barragem de São Bento do Una

Expectativa é iniciar a construção ainda neste primeiro semestre

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos (SERH), assinou nesta quinta-feira (12/04) a ordem de serviço para supervisão da obra da Barragem de São Bento do Una. O vencedor da concorrência, o consórcio IBI/Goa, realizará os serviços de supervisão de obras, controle tecnológico e elaboração de projeto executivo da barragem localizada no município de mesmo nome, envolvendo investimento de R$ 2,73 milhões.

A Barragem de São Bento do Una foi projetada para reforçar o abastecimento do município, tanto para a população quanto para o polo avícola, beneficiando 53,2 mil habitantes. Quando pronta, terá capacidade de acumulação de 17,77 milhões de metros cúbicos de água. A obra está orçada em R$ 59,43 milhões, recursos do Ministério da Integração Nacional e Governo do Estado, envolvendo também a implantação de adutora e estação de tratamento de água.

“A questão do abastecimento d’água é uma prioridade do nosso Governo desde o primeiro dia da gestão. E sabemos o quanto a Barragem de São Bento do Una é ansiada pela população. O nosso compromisso é trabalhar para que as obras não sofram solução de continuidade”, afirmou o governador Paulo Câmara.

A licitação da obra da Barragem de São Bento do Una foi feita originalmente em 2015 pelo Governo do Estado. O contrato foi assinado e a ordem de serviço foi emitida em 2016, porém a empresa vencedora não iniciou a obra alegando dificuldades financeiras. Assim, em 2017, o Governo do Estado rescindiu o contrato unilateralmente, convocou e já contratou a segunda colocada.

“Trata-se de uma obra muito importante para o abastecimento da região e muito esperada pela população. Nossa expectativa é iniciar a construção da barragem ainda neste primeiro semestre, com prazo de execução de 18 meses”, afirma o secretário executivo de Recursos Hídricos, Guilherme Rocha.

Com a ordem de serviço assinada para supervisão da obra, o Consórcio IBI/Goa irá iniciar a elaboração do projeto executivo, com complementação de sondagens em solo e rocha, ensaios de caracterização de materiais, levantamentos topográficos e detalhamento do projeto. Irá também fazer o planejamento das etapas construtivas, plano de trabalho, análise dos documentos referentes ao projeto básico da barragem e do processo licitatório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário