sexta-feira, 8 de junho de 2018

MPPE recomenda que prefeitura não realize gastos com o São João antes de resolver problemas na saúde

Relatório lista falta de medicamentos, obra inacabada e falta de médicos no município


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, que se abstenha de realizar o São João da Moda 2018, caso pontos especificados em um relatório não sejam sanados no prazo máximo de vinte dias.
O MPPE lista a ‘escassez de insumos médicos tais como gazes, esparadrapos, sondas’ , ‘marcações de consultas médicas prejudicadas em razão da ausência de médicos especialistas nesta cidade, tais como Médico Reumatologista’, além de que ‘não há recursos financeiros para construção de uma CAPS-ad que tinha previsão para ser entregue em 9 de julho de 2017, estando atualmente com as obras suspensas’.
O Ministério Público ressaltou que os gastos com as atrações para o São João da Moda 2018 é de ‘quase 3,5 milhões de reais’. E ‘que a contratação de todas as atrações se mostra incompatível com a realidade financeira deste município, o qual alega, muitas vezes, dificuldades financeiras para implementação da reforma dos equipamentos públicos de saúde e educação’.
Confira o documento completo clicando no  link abaixo.

Blog do Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário