quinta-feira, 16 de maio de 2019

Jeep vai investir mais R$ 7,5 bilhões em Pernambuco



Em comemoração aos quatro anos de inauguração da planta mais moderna da Fiat Chrysler Automobiles no mundo, instalada no município de Goiana, o governador Paulo Câmara e o CEO da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, anunciaram um reforço nos investimentos do grupo de mais R$ 7,5 bilhões na planta da Jeep em Pernambuco até 2023. A expectativa é de que o complexo automobilístico, que já emprega cerca de 13.600 pessoas – com maioria da mão de obra pernambucana - venha a gerar mais 9 mil empregos diretos no Estado.
“Em um momento de crise no Brasil, o grupo FIAT Chrysler dá mais um exemplo de confiança em Pernambuco. Essa fábrica não apenas constrói automóveis, ela pensa a indústria automobilística do mundo quando implanta também, aqui no Estado, um centro de pesquisa e tecnologia. Então, é um momento importante, que mostra que essa parceria veio para ficar, que vai ser ampliada e que o Governo de Pernambuco vai continuar ajudando para que o grupo tenha, na sua fábrica pernambucana, um modelo para o mundo de como se faz carros de qualidade, olhando o futuro, a sustentabilidade e garantindo um meio ambiente cada vez mais protegido”, ressaltou o governador.
Construída juntamente com um parque de 16 fornecedores, a planta do Polo Automotivo da Jeep em Pernambuco, cujos investimentos ultrapassam os R$ 11 bilhões, modificou a paisagem da Região Metropolitana Norte, descentralizando o desenvolvimento econômico e conferindo competitividade a um mercado que agora compete com players globais. Quem passa pelo município de Goiana não enxerga apenas um complexo automobilístico de ponta às margens da BR-101, mas também vê estrada duplicada, investimentos em saneamento e energia, novos acessos viários, a multiplicação de indústrias e o crescimento do comércio. Um conjunto de ações que permitiram a instalação e o crescimento da planta nos últimos anos.
Em seu discurso, o CEO Antonio Filosa fez questão de agradecer a parceria “transparente e sustentável” com o Governo de Estado e destacou a qualidade da mão de obra pernambucana, que ele considera como referência na indústria automobilística global.

Nenhum comentário:

Postar um comentário