domingo, 17 de novembro de 2019

Secretário explica situação da Guarda Municipal de Santa Cruz do Capibaribe




Venho esclarecer alguns pontos de um artigo de opinião veiculado neste meio de comunicação, concebido por Nayara Sousa, sobre a Guarda Municipal de Santa Cruz do Capibaribe. Informamos que a gestão municipal do prefeito Edson Vieira, prioriza a segurança pública através de inúmeros investimentos em efetivo, com a realização do concurso público para os guardas, aquisição de equipamentos como veículos e armamentos (corrigindo o artigo, foram 30 pistolas e 4 espingardas). O investimento logístico é complementado com o investimento humano pois o efetivo recebe constantemente cursos de capacitação e nivelamento para melhor atender à população.

No caso específico do armamento citado no artigo, informamos que todo equipamento está armazenado conforme a legislação prevê, com sua manutenção preventiva sendo realizada em dia.

As constantes mudanças acontecidas no ano de 2019, com vários decretos lançados e revogados pelo presidente da República, no que se refere a normatização da compra e uso do armamento pelas diversas organizações, ocasionaram um clima de incerteza no Exército Brasileiro e na Polícia Federal, estas organizações passaram a não mais receber documentações das guardas municipais, no tocante a compra de armas e munições e também de autorização para utilização.

Recentemente, enviamos ofício via Sedex, ao Exército Brasileiro solicitando autorização para compra de munições (Ofício 082/2019 SDS de 15 de outubro de 2019). Acontece que no dia 08 de novembro, foi emitida e publicada nova portaria do órgão, referente a compra de munições com mudanças, estamos analisando o caso.

Em resumo: dependemos da autorização do Exército para a compra das munições, para então realizamos a seleção e treinamento específico do efetivo apto a utilizar o armamento em serviço. A segurança no município terá sempre lugar especial na gestão, os pontos principais são justamente as constantes mudanças na legislação, contudo, estamos trabalhando para que no mais breve tempo possível possamos resolver esta situação naquilo que é de competência da Secretaria de Defesa Social de Santa Cruz do Capibaribe.

Manoel Bernadino Sena – Tenente Coronel do RRPM-PE e secretário Municipal de Defesa Social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário