sexta-feira, 22 de maio de 2020

PREFEITO HILÁRIO PEDE INTERCESSÃO DO MPPE PARA QUE COMPESA RESOLVA PROBLEMA DE ABASTECIMENTO EM SÃO DOMINGOS



O prefeito Hilário Paulo (PSD) do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, pediu em audiência ministerial com o promotor de justiça Dr. Antônio Rolemberg, a intercessão do MPPE – Ministério Público de Pernambuco – junto a Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) para a solução da falta de abastecimento d’água no Distrito São Domingos.
 “Nós temos três barragens, duas delas com 50% e outra integralmente, dentro do nosso município, então, é inadmissível que nós do Distrito São Domingos, não receba uma gota de água, em nenhuma residência aqui em São Domingos que tem mais de 25 mil pessoas. A higiene pessoal é uma das recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde), então o povo tá desempregado, não tem recurso, o Moda Center fechado, praticamente ninguém tem nada e precisa que a COMPESA cumpra o seu papel de soltar a água”, disparou.
 Ainda na audiência, o prefeito Hilário afirmou que depois da chegada do inverno, em São Domingos o abastecimento de água tem sido zero nas residências por parte da Companhia.
 “Já cobrei ao governador Paulo Câmara, já cobrei da COMPESA e agora estou pedindo ao senhor Promotor para fazer o reforço, pois é muito perigoso não dar condição das pessoas fazerem as suas higienizações pessoais. Deus nos livre que alguma família aqui seja infectada, pois será mil vezes pior a situação do que Brejo, pois graças a Deus no Brejo tem água, mas aqui nós não temos água para as pessoas fazerem as devidas higienizações, muitas pessoas são obrigadas, devido a situação, a adquirir água sem nenhuma procedência, qualidade ou tratamento, outros estão pegando água em cacimbas, lugares impróprios, pois o povo não tem dinheiro para comprar uma água de qualidade”, completou.
 Hilário Paulo considerou injusto a água passar por São Domingos, ir para Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional do Estado, sem ficar absolutamente nenhuma parte no Distrito.
 “A água passa debaixo dos nossos pés, vai para cidade de Santa Cruz e não temos uma gota de água”, criticou o gestor municipal.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário