terça-feira, 9 de junho de 2020

Deputado Eduardo da Fonte Denunciou ao MPPE a cobrança errônea da Celpe em contas de Luz que ultrapassam os R$ 15 mil! Veja nosso material de divulgação.



Celpe erra, cobra mais de R$ 15 mil de conta de luz, e ameaça cortar energia de casas e pousadas fechadas por pandemia, denuncia Eduardo da Fonte

Proprietários de pousadas e donos de residências em Fernando de Noronha procuraram o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) e denunciaram a cobrança indevida nas contas de energia, com valores que chegaram a R$ 15.462,62. Os comerciantes e os moradores alegam que as leituras e o consumo elevado nunca aconteceram. Como o arquipélago estava em lockdown devido à pandemia do coronavírus, as pousadas estavam fechadas e o uso da energia correspondeu, em média, entre 15% e 20% do consumo usual. Além disso, a Celpe não realizou a leitura dos relógios e cobrou a tarifa com base no consumo médio, o que não corresponde ao verdadeiro consumo e prejudica os donos de pousadas.

Após tomar ciência do fato, o deputado encaminhou à companhia uma solicitação para apurar o ocorrido. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e o Ministério Público de Pernambuco também foram acionados.

“Esta é mais uma cobrança indevida da Celpe, abusos que venho fiscalizando e denunciando há mais de 13 anos. O Congresso Nacional e o Governo Federal estão trabalhando para amenizar os efeitos da crise para a população, enquanto isso, a Celpe não tem a menor sensibilidade e cobra dos comerciantes e das famílias uma fatura altíssima de uma conta que sequer foi feita a leitura. Vamos trabalhar para que a companhia corrija esse abuso”, afirmou Eduardo da Fonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário